- Publicidade -
Home Notícias e Tendências Neurologia Atogepante, nova medicação via oral para prevenção de enxaqueca apresenta resultados preliminares...

Atogepante, nova medicação via oral para prevenção de enxaqueca apresenta resultados preliminares positivos em estudo fase III

O antagonista do receptor CGRP, atogepante, demonstrou redução significativa na média mensal de dias com enxaqueca comparado ao placebo.

- Publicidade -

A migrânea, ou enxaqueca, é uma doença crônica, complexa e, em muitos casos, incapacitante, caracterizada por ataques episódicos de cefaleia que podem ser acompanhados por sintomas neurológicos e autonômicos. Sua prevalência é alta, afetando mais de um bilhão de pessoas no mundo e configurando uma das principais causas de incapacidade em pessoas com menos de 50 anos.

O atogepante é uma medicação via oral, antagonista do receptor CGRP (calcitonin gene-related peptide), desenvolvida para o tratamento preventivo da migrânea. Os receptores de CGRP são expressos no sistema nervoso central e estão envolvidos com a fisiopatologia da migrânea, tendo seus níveis elevados durante as crises.

O estudo ADVANCE (NCT02848326), ensaio clínico randomizado duplo cego fase III, avalia a eficácia, segurança e tolerabilidade do atogepante comparado ao placebo para a prevenção de crises de migrânea em pessoas apresentando 4 a 14 episódios por mês.  O estudo apresentou redução significativa do atogepante na média mensal de dias com enxaqueca comparado ao placebo, nas três doses testadas (10, 30 e 60mg) por um período de 12 semanas, além de também ter apresentado resultados positivos nos desfechos secundários.

Eventos adversos graves ocorreram em 0,9% dos pacientes no grupo atogepante de 10 mg versus 0,9% dos pacientes no grupo placebo. Nenhum paciente nos grupos de 30 mg ou 60 mg de atogepanet experimentou evento adverso grave. Os eventos adversos mais comuns em todas as doses versus placebo, foram constipação (6,9-7,7% versus 0,5%), náusea ( 4,4-6,1% versus 1,8%) e infecção do trato respiratório superior (3,9-5,7% versus 4,5%). A maioria dos casos de constipação, náusea e infecção do trato respiratório superior foram de gravidade leve ou moderada e não levaram à interrupção.

Em junho de 2020, durante o encontro científico anual virtual da American Headache Society (AHS) foram apresentados por K. Chris Min, MD, dados sugerindo que quando administrado uma vez ao dia durante 28 dias, o uso de atogepante oral 170 mg foi seguro e bem tolerado, sem evidência de elevações clinicamente significativas da alanina aminotransferase (ALT) relacionadas ao medicamento. Os resultados mostraram que, no 28º dia a variação mediana de ALT dos níveis basais foi de 0,79 (IC de 95%, 0,70-0,89) com atogepante em comparação com 0,99 (IC de 95%, 0,84-1,17) no grupo de placebo. Além disso, nenhuma elevação de ALT  foi ≥3 vezes, o limite superior do normal foi observada em qualquer momento pós-dose.

Os resultados completos dos dados serão apresentados em próximos congressos médicos e / ou publicados em revistas científicas.

Saiba mais:

Benarroch, E. E. (2011). CGRP: sensory neuropeptide with multiple neurologic implications. Neurology77(3), 281-287.

Min KC, Kraft WK, Bondiskey P, et al. Multiple, Once-daily, Oral Doses of 170 Mg Atogepant for 28 Days Are Safe and Well Tolerated with No Clinically Significant Effect on Alanine Aminotransferase in Healthy Adults. Headache. 2020;60(S1 suppl). 1-156. doi: 10.1111/head.13854

https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT02848326

https://www.neurologylive.com/view/atogepant-reports-positive-phase-3-results-in-episodic-migraine

- Publicidade -
- Publicidade -

Fique Conectado!

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Mais Lidas

Radioterapia moderadamente hipofracionada no câncer de mama inicial ou in situ é recomendada como novo padrão de terapia

O interesse na radioterapia hipofracionada tem se renovado com o passar dos anos O estudo DBCG HYPO (NCT00909818) foi projetado para avaliar e testar estatisticamente...
- Publicidade -

Pela primeira vez, a U.S. Preventive Services Task Force orienta o rastreamento para câncer colorretal aos 45 anos

O câncer colorretal é a terceira causa de morte por câncer nos Estados Unidos. Apesar das fortes evidências de que o rastreamento do câncer...

Incidência de câncer de próstata localizado nos Estados Unidos diminui, porém a de estágio avançado recrudesce, segundo relatório

Dados de incidência e sobrevida de câncer de próstata nos Estados Unidos foram atualizados recentemente pelo Morbidity and Mortality Weekly Report, do Centers for...

Biópsia líquida pode predizer desfechos com imunoterapia em 1ª linha, mas não em 2ª, no tratamento do melanoma metastático

Biópsia líquida e o ctDNA estão cada vez mais incorporados à clínica, auxiliado a entender diversos aspectos dos tratamentos contra diversas malignidades Embora contabilize apenas...

Notícias Relacionadas

Radioterapia moderadamente hipofracionada no câncer de mama inicial ou in situ é recomendada como novo padrão de terapia

O interesse na radioterapia hipofracionada tem se renovado com o passar dos anos O estudo DBCG HYPO (NCT00909818) foi projetado para avaliar e testar estatisticamente...

Pela primeira vez, a U.S. Preventive Services Task Force orienta o rastreamento para câncer colorretal aos 45 anos

O câncer colorretal é a terceira causa de morte por câncer nos Estados Unidos. Apesar das fortes evidências de que o rastreamento do câncer...

Incidência de câncer de próstata localizado nos Estados Unidos diminui, porém a de estágio avançado recrudesce, segundo relatório

Dados de incidência e sobrevida de câncer de próstata nos Estados Unidos foram atualizados recentemente pelo Morbidity and Mortality Weekly Report, do Centers for...

Biópsia líquida pode predizer desfechos com imunoterapia em 1ª linha, mas não em 2ª, no tratamento do melanoma metastático

Biópsia líquida e o ctDNA estão cada vez mais incorporados à clínica, auxiliado a entender diversos aspectos dos tratamentos contra diversas malignidades Embora contabilize apenas...

Adição de irinotecano neoadjuvante aumenta a taxa de resposta patológica em adenocarcinoma de reto localmente avançado

Vários estudos de escalonamento de dose descobriram que a máxima dose tolerada do irinotecano diminuiu com um número crescente de alelos UGT1A1 defeituosos, confirmando...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.