- Publicidade -
Home Notícias e Tendências Oncologia Manejo de eventos adversos cutâneos em pacientes oncológicos

Manejo de eventos adversos cutâneos em pacientes oncológicos

- Publicidade -
2 min. de leitura

Dr. Marcelo Avè, médico dermatologista e Gerente Médico da MDHealth, conversou com Dra. Cristina Abdalla, médica dermatologista do Hospital Sírio-Libanês, e Dr. Rodrigo Munhoz, oncologista clínico também do Hospital Sírio-Libanês, sobre o manejo de eventos adversos cutâneos em pacientes oncológicos.

Com a introdução de novas terapias para o tratamento de pacientes oncológicos surgem, de acordo com Dr. Marcelo, novos desafios em relação à alteração do funcionamento normal da pele, cabelo e unhas – o que faz com que a discussão sobre como manejar essas alterações seja tão importante.

Desse modo, Dra. Cristina inicia sua palestra mostrando a importância da barreira cutânea e como as terapias oncológicas afetam o microbioma da pele. Ela aborda alguns dos eventos adversos da terapia citotóxica, imunoterapia, dos inibidores EGFR e das drogas-alvo inibidoras de BRAF e MEK, como eritema tóxico, queratoses, rash cutâneo, farmacodermias, hiperqueratose, entre outras.

A dermatologista comenta também sobre como minimizar esses eventos adversos, os tratamentos e outros cuidados gerais para os pacientes oncológicos.

Dr. Rodrigo, na sequência, ressaltou a importância da assistência integrada, uma vez que existem toxicidades cutâneas imunomediadas graves. Segundo o especialista, embora a maioria dos pacientes não apresente toxicidade de pele severa, eventos adversos cutâneos são bastante prevalentes e podem ter um impacto negativo muito grande na percepção da qualidade de vida, mesmo que o tratamento esteja dando resultado.

Ao final da discussão, Dra. Cristina passou as recomendações básicas de rotina para o cuidado da pele do paciente oncológico e Dr. Rodrigo reforçou a mensagem sobre a importância do cuidado sistêmico por uma equipe multidisciplinar.

 

Saiba mais:

Lacouture, M. Dermatologic Principles and Practice in Oncology, Conditions of the Skin, Hair and Nails in Cancer Patients.  Wiley-Blackwell 456 Pages, 2014.

Bensandoun, RJ et al. Daily baseline skin care in the prevention treatment and supportive care of skin toxicity in oncology patients: recommendations from a multinational expert painel. Cancer Manag Res, 2013; 6: 401-408.

- Publicidade -
- Publicidade -

Fique Conectado!

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Mais Lidas

Radioterapia moderadamente hipofracionada no câncer de mama inicial ou in situ é recomendada como novo padrão de terapia

O interesse na radioterapia hipofracionada tem se renovado com o passar dos anos O estudo DBCG HYPO (NCT00909818) foi projetado para avaliar e testar estatisticamente...
- Publicidade -

Pela primeira vez, a U.S. Preventive Services Task Force orienta o rastreamento para câncer colorretal aos 45 anos

O câncer colorretal é a terceira causa de morte por câncer nos Estados Unidos. Apesar das fortes evidências de que o rastreamento do câncer...

Incidência de câncer de próstata localizado nos Estados Unidos diminui, porém a de estágio avançado recrudesce, segundo relatório

Dados de incidência e sobrevida de câncer de próstata nos Estados Unidos foram atualizados recentemente pelo Morbidity and Mortality Weekly Report, do Centers for...

Biópsia líquida pode predizer desfechos com imunoterapia em 1ª linha, mas não em 2ª, no tratamento do melanoma metastático

Biópsia líquida e o ctDNA estão cada vez mais incorporados à clínica, auxiliado a entender diversos aspectos dos tratamentos contra diversas malignidades Embora contabilize apenas...

Notícias Relacionadas

Radioterapia moderadamente hipofracionada no câncer de mama inicial ou in situ é recomendada como novo padrão de terapia

O interesse na radioterapia hipofracionada tem se renovado com o passar dos anos O estudo DBCG HYPO (NCT00909818) foi projetado para avaliar e testar estatisticamente...

Pela primeira vez, a U.S. Preventive Services Task Force orienta o rastreamento para câncer colorretal aos 45 anos

O câncer colorretal é a terceira causa de morte por câncer nos Estados Unidos. Apesar das fortes evidências de que o rastreamento do câncer...

Incidência de câncer de próstata localizado nos Estados Unidos diminui, porém a de estágio avançado recrudesce, segundo relatório

Dados de incidência e sobrevida de câncer de próstata nos Estados Unidos foram atualizados recentemente pelo Morbidity and Mortality Weekly Report, do Centers for...

Biópsia líquida pode predizer desfechos com imunoterapia em 1ª linha, mas não em 2ª, no tratamento do melanoma metastático

Biópsia líquida e o ctDNA estão cada vez mais incorporados à clínica, auxiliado a entender diversos aspectos dos tratamentos contra diversas malignidades Embora contabilize apenas...

Adição de irinotecano neoadjuvante aumenta a taxa de resposta patológica em adenocarcinoma de reto localmente avançado

Vários estudos de escalonamento de dose descobriram que a máxima dose tolerada do irinotecano diminuiu com um número crescente de alelos UGT1A1 defeituosos, confirmando...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.